Artigos

Lectinas e Detox

Lectinas

Lectina é um tipo de proteína de ligação a carboidratos que se liga às membranas celulares no trato digestivo.
São encontrados nas maiores quantidades de leguminosas, legumes, laticínios e grãos, como cevada, quinoa e feijão.

As lectinas podem danificar a parede intestinal. Isso causa irritação que pode resultar em sintomas como: estufamento, distensão abdominal, diarreia e vômito. Pode impedir que o intestino absorva adequadamente os nutrientes.

Como reduzir as lectinas?

Recomenda-se deixar as leguminosas “de molho”, colocá-las em uma bacia com água da noite para o dia a fim de diminuir a concentração. Na maioria das vezes os antinutrientes se encontram na casca dos alimentos e são solúveis em água. Quando submetidos ao “de molho”, por no mínimo 12 horas, os elementos se desprendem dos demais nutrientes e podem ser descartados juntamente com a água;

Ferver grãos, cereais e algumas leguminosas também pode ser uma boa opção no processo de eliminação das lectinas. O calor elevado degrada os antinutrientes, inibindo sua ação no organismo.

Detox

O nosso organismo é capaz de eliminar boa parte das toxinas, elas podem se acumular nos tecidos corporais ao longo do tempo, impactando negativamente a saúde e causando até desequilíbrio hormonal.

Os poluentes estão presentes na poluição, na fumaça do cigarro, ingredientes que contêm metais pesados, agrotóxicos e produtos de limpeza, cosméticos, medicamentos, alimentos industrializados, conservantes, corantes e gordura trans.

As toxinas são transportadas pelo ar através da poluição, e isso se torna mais um fator favorável ao contato com tais substâncias prejudiciais.

Alguns cosméticos e produtos de limpeza, que apresentam na composição metais pesados, também são considerados tóxicos e, portanto, desfavoráveis à saúde.

O processo de desintoxicação funciona perfeitamente quando nosso corpo está em equilíbrio, quando a alimentação está equilibrada e não há contato excessivo com substâncias tóxicas.

Desintoxicação caracteriza por um processo metabólico de eliminação de toxinas. O fígado, os músculos e as células de gordura são locais que servem de armazenamento dos poluentes.

Além dos compostos bioativos e nutrientes presentes na alimentação, como carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais, podemos ingerir diversos outros tipos de substâncias que não são benéficas.

Com a presença de desordem metabólica, o corpo não dá conta do processo, prevalecendo o excesso de substâncias prejudicais, resultando no aparecimento de cansaço frequente ou dores de cabeça, problemas hormonais e várias patologias.

No detox é importante a eliminação de compostos que fazem mal e inserindo alimentos que são importantes para os processos metabólicos e para a eliminação de toxinas.

Os nutrientes e compostos bioativos são importantes: vitaminas, minerais,  aminoácidos, alimentos orgânicos trabalham juntos para eliminar as toxinas.

Além do detox quântico, os alimentos detoxificantes, a clorofila,  Chlorella são essenciais no processo de detoxificação.

Agende já a sua consulta nutricional presencialmente ou on line nos telefones 11 98525-1138 / 11 99228-8515.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *