Artigos

É light, diet ou zero: qual a sua opção neste fim de ano?

Sempre que chegam as festas, sobram promessas de mudança de hábitos alimentares, perda de peso, mas uma dúvida é o que consumir: Produtos light, diet ou zero?

É light, diet ou zero? Qual a melhor opção neste fim de ano?

Quem já não viu nos supermercados essas palavras: light, diet ou zero? Afinal, qual a diferença entre elas? Quando chegam as festas, as pessoas sempre renovam as promessas de reformular a sua alimentação e acreditam ser este, um dos primeiros passos para tal.

O problema é que há muita definição, não é mesmo? Por exemplo, quem está de dieta querendo emagrecer tem que consumir um produto “diet” ou um produto “zero”? Será que ambos, “Light” e “zero”, querem dizer a mesma coisa?

Não, não querem. Isso porque o alimento “diet”, mesmo que aponte uma exclusão de gordura ou outro nutriente, não significa que seja o mais indicado para perder peso e muitas vezes, pode favorecer o ganho de massa em virtude de qualquer outro ingrediente em sua composição.

Por isso, é sempre recomendável o acompanhamento com o(a) nutricionista, antes de fazer a sua escolha no supermercado.

Vejamos a diferença entre eles, para você entender melhor:

O que é um produto light?

O produto quando é light, tem a redução de algum nutriente na sua composição em comparação a um produto tradicional. Contudo, as pessoas devem ter bastante atenção a qual componente esse termo “light” se refere, visto que esse produto pode se referir ao açúcar, à gordura, ao sódio, às calorias.

Conforme ainda determina a legislação brasileira, o produto light deve ter uma redução de no mínimo 25% de um destes ingredientes em sua composição. Ou seja, se um alimento apresentar 25% ou mais de redução de gordura em sua composição, já é considerado um alimento light.

Agora, com a nova legislação em rotulagem, ficará mais fácil identificar de qual componente foi reduzida a quantidade na composição do produto. Desta forma, também será mais fácil saber quais alimentos optar na hora de aproveitar a ceia sem culpa.

O que é um alimento diet? Qual a diferença para o light?

O produto é diet quando tem a ausência de algum nutriente na sua composição em comparação a um produto tradicional, diferente do produto light que tem apenas uma redução de algum destes nutrientes.

Ou seja, um pão por exemplo pode ser diet se ao contrário de outros não tiver qualquer porcentagem de açúcar, colesterol, gordura, dentre outros componentes.

E no caso do produto zero, qual a diferença do zero?

O produto é zero quando, assim como um produto diet, ele não tiver um ou mais componentes, ou seja, a exclusão total de açúcar, gordura, sódio, dentre outros.

Então, se uma pessoa comprar uma bebida que seja “zero” açúcar, isso significa que esse líquido tem a ausência de açúcar em sua composição.

Não significa, contudo, que os alimentos que tenham o termo “zero adição de açúcar”, por sua vez, não tenham o mesmo ingrediente em sua composição.

O termo “zero adição” significa que, além do açúcar já presente nos ingredientes, não foi adicionado mais nenhuma outra quantidade.

Vale a pena sempre conferir no supermercado quando comprar ou quiser experimentar um tipo de alimento.

E qual deles, light, diet ou zero, consumir para perder peso?

Se uma pessoa deseja perder peso, por exemplo, deverá consumir alimentos diet’s? Não necessariamente, porque estes alimentos são dietéticos, ou seja, voltados para pessoas que necessitam de dietas específicas, para suprirem suas necessidades alimentares.

Sem contar que mesmo sendo diet, um produto ainda pode ter mais calorias que um outro alimento tradicional.
Portanto, evite frustrações e consulte um(a) nutricionista, sempre, antes de tomar qualquer iniciativa sozinho.

Entre em contato

Agende a sua consulta presencialmente ou on line, pelos telefones 11 2307-8992 ou (WhatsApp) 11 99228-8515. Vamos conversar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *