Artigos

Como evitar a desnutrição grave em idoso?

Com o tempo, o organismo apresenta dificuldades na absorção e retenção de nutrientes. Veja como a desnutrição grave em idoso pode ser evitada!

Como evitar a desnutrição grave em idoso?

A desnutrição é a ingestão ou a absorção inadequada de nutrientes necessários para satisfazer as necessidades energéticas para o funcionamento normal do corpo.

A desnutrição é um mal que atinge à toda população brasileira. Crianças, jovens e adultos podem estar desnutridos, sem mesmo saberem. Contudo, com o avanço da idade, os riscos de outros agravos de saúde por conta de um quadro de desnutrição são bem grandes.

E somado a isso, existem várias outras questões, como medicamentos, tratamentos de saúde, questões psicológicas, patologias e outras dificuldades que acometem pessoas com mais de 65 anos. Não dá pra ignorar.

Por isso, o acompanhamento nutricional é sempre fundamental, sobretudo para a terceira idade.

Por conta própria, dá para modificar as refeições do idoso?

Não, não é recomendado. O organismo de uma pessoa com mais idade necessita de um acompanhamento nutricional mais frequente, até para que a alimentação ocorra com mais prazer e o idoso consiga absorver os nutrientes de que precisa para aproveitar o dia a dia.

Assim, uma dieta adotada sem o acompanhamento devido e que esteja repleta em gorduras, implicará em desconfortos intestinais além de prejudicar o prazer de comer e, em casos mais graves, favorecerá o surgimento de doenças como câncer de próstata, pâncreas e de cólon.

O excesso de açúcares e alimentos ultraprocessados também podem causar efeito semelhante, com sintomas diversos.
Por isso, procure um nutricionista e deixe-o trabalhar com o paciente da forma mais eficiente. E que claro, deixe o paciente sempre mais à vontade.

Sintomas da desnutrição grave em idoso

Com o passar dos anos, o organismo dos idosos perde a capacidade absortiva e de retenção de nutrientes, sendo muito comum a perda de apetite e a consequentemente perda de peso. São fatores que favorecem a desnutrição grave em idoso:

  • tratamentos que utilizam certos medicamentos,
  • idade avançada,
  • a falta de uma alimentação adequada,
  • agravamento de alguma doença,
  • deglutição mais lenta e com maior dificuldade, a partir dos 70 anos.

Além da perda de peso, outros sinais de desnutrição grave em idoso são:

  • diarreia frequente,
  • cansaço excessivo,
  • baixa imunidade (resultando em infecções frequentes),
  • dificuldade de concentração,
  • falta de apetite,
  • diminuição na temperatura corporal,
  • apatia ou irritabilidade
  • inchaços generalizados.

Tratamento da desnutrição na terceira idade

Quando um idoso apresenta qualquer um desses sintomas combinados com a dificuldade em se alimentar, é o momento de procurar um(a) nutricionista.

O nutricionista poderá por exemplo, promover um aumento da quantidade de calorias ingeridas através da oferta de alimentos em porções reduzidas, a cada 6-12 refeições por dia.

Porções menores geralmente encorajam mais aos idosos que não costumam ter apetite, a terminarem as suas refeições, além de minimizar o tempo em que o organismo fica privado de alimentos.

Dietas a base de suplementos líquidos também podem ser incorporadas ao cardápio dos idosos, principalmente quando estes possuem dificuldade ao mastigar os alimentos.

Em muitos casos, em razão de aspectos sociais e outros problemas pessoais, os pacientes também podem necessitar de apoio emocional e terapia de estimulação sensorial, para se alimentarem adequadamente e seguirem a risca a dieta indicada.

A desnutrição severa é mais perigosa do que muitas pessoas percebem. Especialmente para idosos e crianças pequenas.

Os idosos precisam de uma nutrição adequada para impedir que seus corpos se enfraqueçam e desenvolvam outras doenças. A desnutrição aguda grave pode levar à morte se não for tratada.

Entre em contato!

Enriquecer a dieta de seu(ua) pai, mãe, parente, cônjuge ou amigo(a) é uma forma de amor e também uma forma de prevenir doenças e garantir uma maior longevidade!

Estou à disposição para acompanhar e promover a melhora da qualidade de vida sua e de quem você souber que necessita dos meus cuidados.

Para realizar a consulta nutricional presencialmente ou on line, entre em contato nos telefones 11 2307-8992 ou (WhatsApp) 11 99228-8515. Vamos conversar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *